top of page

10 recomendações para uma perda de peso bem-sucedida



O processo de perda de peso nem sempre é fácil, assim como a manutenção do peso desejado. Para o(a) ajudar deixo abaixo uma lista de 10 recomendações que vão ajudá-lo(a) a ter um peso adequado e a ser mais saudável.


1. Pratique uma alimentação completa, equilibrada e variada

Um(a) nutricionista irá ajudá-lo(a) a planificar o seu dia alimentar com um valor calórico adequado à sua idade, ao seu estado clínico, nível de atividade física e estilo de vida. O acompanhamento nutricional simplifica o processo de perda e manutenção do peso adequado. Aconselhe-se com um profissional.


2. Distribua corretamente as calorias ao longo do dia

Tente fazer um pequeno-almoço e um almoço maiores e com mais proteínas e um jantar mais leve, de forma a ter mais energia para suportar as atividades diárias e usufruir de uma noite mais descansada.


3. Coma devagar

As pessoas com excesso de peso tendem a comer mais rápido do que as que têm peso adequado. Considerando que o cérebro necessita de cerca de 20 minutos para receber o sinal de que comemos o suficiente, comer devagar pode poupar-lhe muitas calorias. Opte por iniciar a refeição com sopa quente que demora a ser ingerida e diminui o apetite para o prato principal. Pouse o garfo com maior frequência, saboreie a refeição e coma com consciência. As refeições vão tornar-se mais agradáveis e relaxantes, a digestão será mais fácil e haverá menor tentação para ingerir sobremesa.


4. Preencha um Diário Alimentar

Durante um mês registe de forma precisa a porção de cada alimento e líquido que ingeriu ao longo do dia. Os registos podem ser feitos em papel, computador ou com recurso a uma app no seu telemóvel. Registe também o seu estado emocional (com fome, stressado, aborrecido, etc.). Se comermos por outras razões que não a obtenção de combustível, torna-se necessário reconhecer que a comida poderá engordar se ingerida por diversão, conforto ou redução do stress, uma vez que nenhuma quantidade de qualquer alimento resolverá os nossos problemas. Antes de comer pergunte-se: O meu corpo precisa deste combustível?


5. Coma os seus alimentos favoritos

Se não se permitir comer o que realmente deseja, é provável que numa determinada altura se desforre. Porém, se se permitir comer alimentos prediletos em porções dietéticas, terá menos propensão a extrapolar o plano de emagrecimento. É necessário determinar a porção e quantas calorias tem de forma a poder planear o gasto dessa provisão calórica. Quando comer essa guloseima, lembre-se de mastigá-la devagar, saboreá-la e desfrutá-la por completo.


6. Evite as tentações

Longe dos olhos, longe do coração e longe da boca! Se passa bastante tempo livre na cozinha, deve cogitar transferir-se para a sala quando quiser relaxar: lá é menos provável que encontre alimentos disponíveis. Nas festas socialize longe do buffet e dos petiscos. No supermercado, evite os corredores das bolachas, chocolates, refrigerantes e aperitivos. Se necessário, opte por fazer as compras através da Internet ou app. Durante as suas caminhadas diárias, evite trajetos que o(a) conduzam à padaria, pastelaria ou café!


7. Faça uma lista de atividades, que dispensem a comida, que pode fazer quando estiver aborrecido(a), solitário(a), cansado(a) ou nervoso(a)

Os alimentos devem ser uma fonte de combustível e não um entretenimento ou uma recompensa por termos sobrevivido a outro dia stressante. Distraia-se. Telefone a um amigo, tome um banho relaxante, regue as plantas, brinque com os filhos, resolva quebra-cabeças, faça uma caminhada ou medite. Pergunte-se: Estou com fome? Ou estou cansado(a) e stressado(a)? Este “combustível” é necessário?

Aprender a controlar o stress sem comida é a solução mais assertiva.


8. Planifique o seu exercício físico

Exercite-se regularmente para tonificar os músculos, aliviar o stress e melhorar a saúde. O exercício deve ser realizado por prazer e aptidão física e não só para queimar calorias.


9. Faça do sono uma prioridade

Dormir muito pouco, e mal, pode fazer com que sinta mais fome. Quando estamos cansados, os sinais para o cérebro parar de comer são muito baixos, e os sinais para comer mais são muito altos. Durma 8 horas por dia adopte as estratégias que lhe garantam um sono de qualidade.


10. Imagine-se em forma e saudável

Todos os dias antes de saltar da cama visualize-se com uma melhor condição física e mais magro(a). Essa imagem mental irá ajudá-lo(a) a começar o dia com uma atitude positiva e mais motivado(a). A auto-motivação é importante para o seu bem-estar!


Sempre a pensar na sua saúde,

Denise Mendes

Nutricionista 0190N

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page